Curiosidades de Pequim – Alguns aspectos inusitados da cidade chinesa

Moderno, tradicional, calma, caótica, movimentada, colorida, introspectiva. A China é tudo isso. Um país paradoxal que atrai inúmeros visitantes todos os anos. O gigante da Ásia sedia anualmente a Canton Fair, uma mega feira de negócios, que reúne por volta de 59 mil stands na cidade de Guangzhou. Mas vamos falar de Pequim essa cidade incrível que tem a maior população do mundo com 19.612.000 pessoas, e concentra todas as tribos e é a segunda maior cidade chinesa. A cidade também possui o segundo maior aeroporto do mundo, e em 2008 sediou as Olimpíadas.

Da mesma forma que grande parte dos países da China, Pequim é um cenário exótico onde culturas excêntricas se misturam, e a culinária exótica assusta e ao mesmo tempo cativa tantos visitantes estrangeiros. A efervescência econômica dos últimos anos torna o local ainda mais país apaixonante. Quer saber mais sobre esse local encantador ?

Conheça outras peculiaridades de Beijin

Barraquinha de bichos estranhos para comer: Na rua Wangfujing, localizada no centro do Pequim, é um atrativo aos que buscam guloseimas um tanto quanto diferentes. Centopeias, cobras, testículo de carneiro, etc. E aí, encara?

Ausência de pontos de ônibus: Em vários lugares de Pequim praticamente não existem pontos de ônibus. É comum encontrar pessoas perdidinhas atrás do ônibus sem saber onde ele para.

Chineses adoram crianças estrangeiras: As pessoas da China são muito dóceis e agradáveis, principalmente com crianças branquinhas ocidentais. É comum ver um grupo de senhoras chinesas pedindo para tirar fotos com criancinhas.

Chineses fumam muito: Isso incomoda muita gente, os chineses adoram fumar, fumam bastante, e em vários lugares da rua.

No comments yet.

Deixe uma resposta

*