Pintas na pele. Como trará-las?

Ao contratio do que pensam muitas pessoas, as pintas na pele são algo muito mais normal do que se imagina. Porem é necessário ter alguns cuidados especiais se você é uma dessas pessoas que tem pintas na pelepitnas. Segundo pesquisas, as pessoas que tem pintas na pele são 2,5 vezes mais sensíveis a queimaduras e tem mais dificuldades para lograr um bronzeado saudável, se expostos ao sol. Além disso, é importante ressaltas que a exposição ao sol em excesso pode trazer danos no futuro por conta da radiação e pode causar câncer de pele.

Segundo autoridades em saúde, pessoas com pintas na pele devem tomar precauções extras independente da estação do ano, ou seja, devem utilizar cremes com proteção aos raios solares diariamente.

Não é motivo para pânico! Para entender um pouco melhor como são as pintas vamos detalhar um pouco mais para você. As pintas podem ter diferentes cores, mas normalmente são de tonalidade marrom, geralmente têm formas irregulares e está ligada a hereditariedade, ou seja, passam de pai para filho. As pintas, muitas vezes, são associadas à tonalidade de pele branca, cabelos loiros e olhos azuis. Mas se engana quem pensa que pessoas com pele morena e negra estão livres das pintas e dos cuidados com a pele.

Atualmente os tratamentos mais conhecidos para as pintas no corpo são: como falamos anteriormente, os bloqueadores solares, cremes despigmentantes, peelings que tem como finalidade principal remover as pintas.

O primeiro passo é consultar um dermatologista!

No comments yet.

Deixe uma resposta

*