Psoríase: Doença Crônica caracterizada por lesões avermelhadas e descamativas no couro cabeludo, cotovelos, joelhos…

Temos a Psoríase como uma doença de pele comum, caracterizada por diversas lesões avermelhadas e descamativas, geralmente elas ocorrem em placas, o que mais frequentemente aparecem no couro cabeludo, nos cotovelos e nos joelhos.

A doença é crônica, porém não ocorre de forma contagiosa, surgindo entre as idades de 30 e 50 anos, mas em pelo menos 15% dos casos poderá aparecer ainda na infância.

psoríase no braço e cotovelo

Fatores de risco da Psoríase

Entre os fatores de risco da Psoríase, temos o HIV como o mais significativo para a doença, quanto mais parentes forem diagnosticados com a doença, mais são as chances de contrair a mesma.

Infecções de trato bacteriano ou virais

Todas as pessoas com quadros constantes de infecções tem chances iguais de serem diagnosticadas com a doença.

O estresse também poderá impactar no sistema imunológico e fazer com que a psoríase se manifeste.

O fumo

A utilização do cigarro não é apenas um fator de risco para a psoríase, como também poderá determinar o quão grave deverá ser a doença.

Com relação aos sintomas de psoríase podemos citar

Todos os sintomas da psoríase variam de pessoa para pessoa, mas normalmente incluem algumas situações, como por exemplo:

O surgimento de lesões avermelhadas na pele, estas cobertas de uma camada branca ou prateada e descamativa.

Pequenas manchas vermelhas, que ocorrem de forma bastante comum nas crianças.

Unhas espessas e esfareladas, amareladas ou ainda descoladas e com furinhos em sua superfície.

Inchaços e articulações rígidas e devidamente doloridas.

Quando buscar ajuda médica para a psoríase

Os pacientes são indicados frequentemente a um dermatologista. Os médicos irão lhe fazer muitas perguntas, por isso se certifique de que estará preparado para responder as mesmas e tirar todas as suas dúvidas.

Quais tipos de exames são necessários para realizar o diagnóstico.

Quais são os tratamentos que estão disponíveis e quanto é o tempo de recuperação.

Se tenho outros problemas de saúde, como poderei os conciliar com a psoríase?

Quais são os cuidados que devem ser tomados em casa para ajudar na recuperação?

Os especialistas poderão ainda pedir para o paciente realizar uma biópsia da pele, e neste caso, ela poderá ser feita até mesmo no próprio consultório médico com a aplicação de uma anestesia local.

No comments yet.

Deixe uma resposta

*