Psoríase coça

psoríase coça
Saiba que a psoríase é uma doença crônica de pele, devidamente caracterizada por uma inflamação e uma hiperproliferação de células das suas camadas mais superficiais de pele, podendo inclusive provocar uma série de lesões extensas por todo o corpo.

Mas o que é psoríase? A psoríase coça?

Saiba que a psoríase é uma doença de pele, considerada não contagiosa, e que surge devido a uma grande reprodução e proliferação de células da pele, gerando assim um espessamento, bem como uma inflamação e uma descamação. A doença poderá causar lesões bastante discretas, ou ainda ser uma doença grave, que se apresenta com lesões extensas bem como o comprometimento de articulações.

Não entende-se ainda muito bem o que causa a psoríase, mas sabemos bem que ela surge devido a uma série de interações de fatores de trato genético, bem como ambiental e auto imunes.

Saiba que o ataque dos sistemas imunes contra a pele, além de gerar uma inflamação intensa, poderá estimular a produção das novas células de pele para substituir as células lesadas, gerando assim uma rápida proliferação de novos tecidos. As células mortas não conseguem por sua vez ser eliminadas tão rápido, a pele começa a ficar mais espessa. Neste processo, surgem lesões típicas de psoríase.

Entre os fatores de risco da psoríase podemos citar

Saiba que qualquer pessoa poderá desenvolver a psoríase, e a psoríase coça, em contrapartida, diversos fatores parecem inclusive aumentar estes riscos, principalmente nas pessoas que são suscetíveis geneticamente falando.

Ente os fatores desencadeantes podemos citar o tabagismo, a obesidade, o histórico familiar de psoríase, o alcoolismo, o estresse físico e psicológico, o HIV, bem como as infecções bacterianas ou virais.

Medicamentos para tratar a psoríase

A psoríase causa coceira, na maioria dos casos, e por este motivo existem tratamentos que podem ser utilizados, entre eles podemos citar:

O Metrotrexato, que é uma droga imunossupressora utilizada para tratar formas mais graves da psoríase. Os resultados ainda costumam demorar pelo menos três meses para aparecer. Como existem riscos de lesões de fígado, é aconselhável que os pacientes não ingiram bebidas alcoólicas nos tratamentos.

Além disto é possível que o médico indique a acitretina, entre outras drogas.

No comments yet.

Deixe uma resposta

*