Restaurante Espaço Lisboa

Restaurante Espaço Lisboa, o renascer das tradições

Recuperar o passado e fazer reviver os sabores e tradições do antigamente, eis o grande objectivo do conceituado restaurante de Lisboa, o Espaço Lisboa. Mais do que um restaurante, é um lugar multifacetado que nos leva a reencontrar a nossa História e a autenticidade da nossa cultura. Uma gastronomia de raiz, confeccionada em fornos de lenha, alia-se a uma forma de receber simples e calorosa. Enfim, é a alma portuguesa que dá vida a este espaço situado num dos mais antigos bairros da capital Portuguesa, Alcântara.

ESPACO LISBOA, SEAFOOD RICE 006

Entrar no Espaço Lisboa é como entrarmos numa máquina do tempo. Viajar até um tempo esquecido, onde a essência da cidade ainda vive. Os sabores e as tradições de uma cultura com vários séculos surgem aqui no seu estado mais puro. No ambiente que se criou, nos aromas que se sentem no ar. Não é apenas um restaurante, é um espaço multifacetado, que não nos deixa esquecer um passado que afinal é o nosso.

Encontramos um pouco de tudo, a História que construímos, a forma de estar e viver de outrora, os lugares dos quais já só se recordam as gerações mais antigas.

Recantos que encantam, desde o velho quiosque, amarelecido pelo tempo; o museu do café que nos faz reviver as origens e as rotas deste precioso bem, que levámos a todo o mundo e tornámos quase universal; a antiga taberna, ponto de encontro das gentes de outras épocas; a mercearia, onde se misturam os cheiros das especiarias, dos sabores autênticos dos produtos ainda artesanais; e depois, a praça, que recria o ambiente, as cores, os sons desse Portugal, infelizmente, quase esquecido, onde a vida corria mais devagar.

ESPACO LISBOA, MUSHROOMS 001

Vítor Coelho foi o grande mentor deste projecto. Em conjunto com quatro amigos decidiu concretizar o sonho de uma vida. Talvez os muitos anos longe do país lhe tenham amadurecido a sensibilidade para dar valor àquilo que é realmente português. O grande conceito deste espaço resume-se ao preservar de um passado. Um passado que é importante para compreender o futuro.

Preservar aquilo que de mais puro existe em cada região de Portugal, para poder transmiti-lo não só aos portugueses, mas também aos estrangeiros. O Espaço Lisboa tem por função tornar-se uma sala de visitas onde se pode ver e viver um resumo do que é Portugal.

O projecto demorou dois anos a ser concretizado. O edifício onde está instalado era uma antiga metalomecânica do
velho bairro de Alcântara. Também aqui houve o cuidado de manter a fachada e os espaços característicos da arquitectura industrial, tão típica desta zona de Lisboa, mas quase desaparecida.

Na decoração, nenhum pormenor foi deixado ao acaso, desde as paredes, propositadamente amarelecidas para dar a ideia que já ali estão há muito tempo, aos materiais utilizados, todos portugueses.

Os painéis de azulejos, os mármores, os granitos, a calçada portuguesa, dão ao ambiente algo da alma lusitana, e, a complementar, estão os móveis, as louças, os candelabros… feitos segundo técnicas antigas. O aspecto de antiguidade dá uma ainda maior autenticidade ao lugar.

Quanto àquilo que o Espaço Lisboa tem para oferecer em termos gastronómicos, este pretende que a sua cozinha seja pura, não grandes sofisticações, mas sim autenticidade. Não deixar que se percam as nossas tradições na arte de cozinhar. “

Uma arte que os clientes podem apreciar, os fornos onde tudo é confeccionado, inclusive o pão e a broa de milho, estão à vista do seu olhar.

ESPACO LISBOA, STEAK 004

Segundo este empresário, o Espaço Lisboa teve um timming perfeito: Este novo século trouxe consigo um desejo de retorno ao passado, sobretudo na maneira de estar. Uma humanização das relações entre as pessoas. E é isto que o espaço pretende fazer passar. Na forma carinhosa de receber, no trato com os clientes. A cultura, qualquer que seja, tem uma dinâmica própria. E, por isso, o Espaço Lisboa tem também o seu dinamismo próprio. Várias iniciativas vão começar a funcionar para breve. Apresentar o resumo de cada uma das regiões do país é uma delas.

Os pratos mais típicos vão fazer parte do menu durante esse período. Um artesão vai estar em plena praça a executar uma das actividade mais tradicionais dessa região. Assim, os visitantes vão poder conhecer de forma mais aprofundada esse recanto de Portugal.

A mercearia, que dentro em breve vai vender produtos regionais de qualidade vindos dos mais variados lugares do país, também participa, tendo à disposição nesse período os produtos mais típicos da zona em destaque. Vários grandes temas vão dar mais vida ao restaurante.

Os vinhos também integram a lista e vai ser na adega climatizada que os clientes vão poder prová-los e aprender como são feitos. Consoante a época do ano, o Espaço Lisboa vai reviver os ritmos de outros tempos, fazendo uma recolha das tradições próprias de cada época. “A teoria aqui é, em primeiro lugar, alimentar o espírito e, só depois, o estômago.”

Julgo que conseguimos dar ao Espaço Lisboa a tal característica de intemporalidade que integrou os nossos objectivos iniciais”. Para Vítor Coelho, a máxima “o segredo é alma do negócio” ganha aqui uma outra dimensão, “a alma é o segredo do nosso negócio”. A sensibilidade de Vítor Coelho e dos seus quatro amigos aliou-se ao talento do arquitecto António Toledo Pinto para a concretização deste projecto. Um arquitecto que também já foi responsável pela projecção do emblemático restaurante Alcântara-Café.

ESPACO LISBOA, COD CAKES 003

“Cerca de 90 por cento das peças que se encontram no Espaço Lisboa foram desenhadas por nós e mandadas fazer segundo as técnicas antigas para dar um aspecto de antiguidade. Os azulejos pretos e brancos – as cores de Lisboa – que emolduram alguns dos recantos, foram feitos à mão e cozidos em fornos de lenha para ter uma textura ao olho do passado. As paredes foram feitas com gesso, areia amarela e óleo de linhaça, para transmitir a sensação que estão ali há muito tempo”, diz Vítor Coelho.

O ambiente de luz directa recria uma verdadeira praça portuguesa, que poderia existir em qualquer sítio de Portugal. Parece que a qualquer momento se vai ouvir uma varina a apregoar o peixe ou um ardina a anunciar as manchetes dos jornais. Sensações que se misturam com os aromas e paladares das comidas nos pratos ou ainda a serem confeccionadas nos fornos de lenha. Uma autenticidade que deleita os sentidos.

O Restaurante Espaço Lisboa tem preços medios de senssivelmente 30 euros por pessoa, está aberto todos os dias até às 24h, servindo apenas jantares. Fica na Rua da Cozinha Económica, nº16, num dos bairros mais antigos de Lisboa, Alcântara.

No comments yet.

Deixe uma resposta

*