5 itens necessários em uma indústria

As indústrias são bem diferentes variando de setor para setor. No entanto, elas costumam ter alguns pontos e entendimentos em comum, seja na filosofia de produção, organização, controle ou até mesmo de matéria-prima. Porém, elas podem ter muito mais em comum além de computadores, pastas e materiais de escritório.

Confira alguns itens necessários para uma indústria de qualquer segmento.

  1. Óleos lubrificantes: As industriais das mais diversas áreas sempre necessitam de óleos lubrificante, isso porque, a produção de bens de consumo ou de ferramentas necessita de máquinas e conjuntos hidráulicos. Um exemplo disso é o uso de óleo para transformador, comum em empresas que tem instalações elétricas ou máquinas de alta voltagem. Além de auxiliar na arrefação das máquinas, o óleo isolante não é um transmissor de energia elétrica. Se necessário esfriamento de determinado processo, o óleo 68 é um dos produtos mais indicados pelo mercado de óleos, apesar de não suportar grandes variações térmicas.
  2. Equipamentos de Proteção Individual (EPIs): Os itens de segurança do trabalho são importantíssimos para a qualidade de produção e também para garantir boa qualidade da vida e saúde do funcionário. Óculos, máscaras, luvas, botinas, óculos são essenciais e o seu fornecimento de responsabilidade da empresa, nunca do operário.

 

  1. Crachás de identificação: Saber o nome dos funcionários e colegas de trabalho ajuda na fluidez do serviço diário e também diálogo. Tornar obrigatório o uso de crachá com nome e função serve também para integração das pessoas que passam pelo ambiente de atividades.

 

  1. Sinalização adequada: Similar o item anterior, a sinalização pode evitar acidentes, seja com fitas, adesivos e placas claras. Se um ambiente de acesso controlado, o ideal é comunicar por meio de placas  e memorandos, o mesmo vale para área que oferecem risco de morte aos trabalhadores.

 

  1. Filosofia de produção: Após o término da Segunda Guerra Mundial, os japoneses inventaram um programa de padronização da qualidade de produção e de organização dos ambientes de trabalho. Popularmente chamado de 5S,a metodologia inclui senso de  seleção/ utilização (seiri), de organização (seiton), de limpeza (seiso), de padronização (seiketsu) e de autodisciplina (shitsuke). Essa ideia costuma ser estudada por empresas que costumam adotar práticas para efetivá-la.

No comments yet.

Deixe uma resposta

*