Conheça alguns dos diferentes tipos de psoríase

psoríase
A psoríase nada mais é do que uma doença de pele considerada relativamente comum, crônica e não contagiosa. Esta é uma doença que ocorre de forma cíclica, ou seja, ela apresenta sintomas que podem desaparecer e reaparecer de forma periódica, sua causa é desconhecida, mas se sabe que poderá ter algumas causas relacionadas e gatilhos de parte do sistema imunológico.

Este tipo de ciclo faz com que as células mortas não consigam ser definitivamente eliminadas, formando desta forma placas espessas e escamosas de pele. Geralmente, esta cadeia é apenas quebrada a partir do tratamento.

Saiba mais sobre os diferentes tipos de psoríase e suas particularidades

São muitos os tipos de psoríase, e os dermatologistas poderão identificar a doença, classificando a mesma e a indicando como a melhor opção terapêutica possível. A partir disto, dependendo do tipo de psoríase e do estado do paciente, os ciclos podem durar de algumas semanas a meses.

Sobre a psoríase em placas ou vulgar

A psoríase em placas ou vulgar é a forma mais comum das doenças. Formando as suas placas secas, avermelhadas e com escamas prateadas ou esbranquiçadas. Este tipo de placa poderá coçar e algumas vezes doem, podendo atingir todas as partes do corpo, até mesmo genitais e dentro da boca.

Sobre a psoríase ungueal

A psoríase ungueal afeta os dedos tanto das mãos como dos pés, e também afeta as unhas. Fazendo com que a unha acabe crescendo de forma anormal, engrossando e escamando, além de perder as cores. Em vários casos, as unhas podem chegar a descolar da carne, e em situações extremas até mesmo cair.

Sobre a psoríase pustulosa

Nesta forma de psoríase, que é um tanto rara, poderão acontecer situações onde temos manchas em todas as partes do corpo, ou ainda em áreas menores, entre elas as mãos, os pés ou os dedos, conhecidas como psoríase palmo plantar. Na maioria das vezes, ela poderá se desenvolver rapidamente, como as bolhas cheias de pus que aparecem em poucas horas depois que a pele se torna vermelha.

Suas bolhas acabam secando em um dia ou dois, mas poderão reaparecer durante alguns dias ou semanas. A psoríase pustulosa generalizada pode gerar febres, calafrios, fadiga e inclusive coceira intensa.

 

No comments yet.

Deixe uma resposta

*