Creatina: Suplemento para ganho de massa muscular e performance

Informações sobre a creatina e seus benefícios para atletas que buscam ganho de massa muscular e performance.

O que é a Creatina

A Creatina é um suplemento alimentar principalmente usado por atletas, que provoca um aumento de volume muscular, em razão de maior absorção de água nas células musculares, em um processo chamado de hidratação intracelular, sem falar que com os músculos maiores e mais fortes, os ossos e as articulações ficam mais protegidos dos impactos, melhorando a performance do atleta.

ajudinha basica no treino !!! ?? #suplementacao #creatina #glutamina #treino #dieta #letsgo

Um aminoácido encontrado em grande quantidade em alimentos ricos em proteínas, como o peixe e a carne vermelha pode ajudar na formação de músculos das pessoas que praticam musculação. Trata-se da Creatina, nutriente que ajuda o atleta a obter mais energia para a realização das atividades físicas e ajuda a ganhar massa muscular.

Benefícios da Creatina

Os principais benefícios da Creatina são: aumento da síntese de proteínas, desencadeando no aumento da massa muscular; aumento de energia extra para os músculos e da força muscular.

Se você é praticante de musculação e deseja obter mais massa muscular, antes de tudo, procure orientação profissional de um médico nutrólogo ou nutricionista, para que ele faça uma avaliação de suas necessidades nutricionais e possa indicar o suplemento de Creatina mais adequado ao seu caso.

Em geral o atleta deve consumir quatro vezes por dia uma colher de chá cheia de Creatina junto com as principais refeições diárias: de manhã, no almoço, à tarde e no jantar. Normalmente o suplemento é misturado com um copo de 250 ml de água ou suco natural de preferência do atleta.

Tipos de creatina

Há uns anos atrás existiam apenas dois tipos de creatina, a monohidratada que vinha com aditivos como carboidratos, principalmente dextrose, para facilitar a absorção através da promoção da liberação de insulina no sangue. O outro tipo de creatina era a pura, livre de aditivos. Este tipo de creatina é mais utilizado por atletas que desejam obter ganho de massa muscular.

Atualmente existem três tipos de creatina diferentes.

Creatina primeira geração

Monohidratada ou pura, que serve de base para produção das outras. Não contem aditivos, porem seus efeitos não são tão rápidos.

Creatina segunda geração

É a combinação da monohidratada com glicose, um carbohidrato. Sua função principal é liberar insulina, melhorando a absorção e reduzindo a retenção de líquidos

Creatina terceira geração

Combinação de monohidratada com outras substâncias, como L-glutamina, vitamina B e outros. Qualquer uma dos três tipos de creatina vão lhe dar o mesmo resultado, a diferença esta na rapidez que o nosso corpo absorva cada uma delas.

Principais marcas de creatina nacionais

เขาว่าดีราคาไม่แพง #creatine

Universal, Ethika, Integral medica, Proibiotica, Nutrilatina, Midway, Mid Way e Powder.

Como Tomar Creatina

A maioria dos fabricantes de creatina, recomendam ingerir cerca de 4 a 5 doses de cerca de 5 gramas de creatina monohidratada durante o dia (antes do almoço, antes jantar e antes e após o treino). O mesmo ocorre com a creatina pura, só a quantidade que será diferente, cerca de 3 gramas.

Efeitos colaterais da Creatina

O único efeito colateral conhecido até hoje da creatina é o ganho de peso, cerca de 0,5 a 1,8 kg. Esse ganho de massa muscular se dá devido à retenção de liquido nos músculos causada pelo suplemento. Existem diversas especulações que a creatina causa problemas nos rins, fígado, cãibras musculares e distúrbios gastrointestinais. Porem, não há nenhuma estudo clínicos comprovou essas especulações em torno da creatina.

A creatina durante alguns anos foi proibida aqui no Brasil, mas já está liberada para venda e consumo humano novamente.

No comments yet.

Deixe uma resposta

*