Curso de fotografia online – Diafragma e Obturador

Este curso de fotografia online visa o entendimento do assunto com os recursos que o aluno possui em casa. Neste artigo serão abordadas questões sobre o Diafragma, Obturador e outros recursos de uma câmera. O curso de fotografia online também tem o objetivo de ilustrar melhor os recursos da câmera, seu funcionamento e forma mais adequada de manuseá-la.

O Obturador

fotografiaJá pensou como a lente da câmera se assemelha ao olho humano? Entender essa semelhança é simples quando colocamos em questão os dois sistemas que são bem parecidos. No olho, a retina tem a função de “traduzir” a luz em imagens, enquanto na câmera esse é o papel do sensor. O sensor é sensível a luz e por isso é necessário que sempre esteja bem limpo e protegido da luz intensa. O Obturador tem o papel de proteger, funcionando como uma cortina, cobrindo o sensor.

É o Obturador que controla o tempo que a luz deve entrar no sensor, com o objetivo de sensibilizar a foto, de acordo com a luz exposta e a proposta da foto (conforme as vontades e necessidades do fotógrafo). As velocidades são indicadas pelos seguintes números: 1, 2, 4, 8, 15, 30, 60, 125, 250, 500, 1000, ou mais, além das letras B e T. Quando o fotógrafo regula a velocidade no número 1, por exemplo, permite que a luz entre durante o tempo de um segundo. Ode demais números do Obturador representam frações deste segundo e são calculados pela câmera a fim de reduzir o tempo em que a luz vai entrar, toda vez que o fotógrafo modificar de um número para outro superior.

Exemplo de Velocidade do Obturador

Se o fotógrafo regular a velocidade do Obturador para 1, a luz entrará por 1 segundo, quando se muda para 2, o tempo de entrada da luz será reduzido para meio segundo. Caso o fotógrafo determinar que a velocidade será de 60, a velocidade será de 1/60 segundos e a luz entrará pela metade do tempo do que entraria se a velocidade for 30 (1/30). Dessa forma, os números da velocidade de 125, 250, 500 ou mais significam velocidades maiores em que a luz entrará pelo Obturador. As velocidades maiores são indicadas para objetos que estejam em movimento, com o objetivo de parar o movimento do assunto.

Também é indicado usar o tripé quando forem empregadas velocidades mais baixas que 30, 15 ou menos. O tripé ou outro suporte para que a câmera fique fixa evita que as fotos saiam desfocadas, tremidas ou borradas. Quando se usa B e T o tempo de exposição será superior a um segundo.

O Diafragma

diafragma

Responsável pela quantidade de luz que entra na câmera, o diafragma é representado pela letra f, dessa forma o fotógrafo deve se orientar pelos números: f/22, f/16, f/8, f/5.6, f/4, f/2.8, f/2 e f 1.4, em que o número f/22 representa a menor abertura e f/1.4, a maior abertura. A abertura do Diafragma é calculada de forma que se mudar o f de uma numeração maior para uma numeração menor, a entrada de luz será dobrada. Dessa forma, uma abertura f/16 representa o dobro de luz que entraria por f/22, por exemplo.

No comments yet.

Deixe uma resposta

*