Doença psoríase

doença psoríase
A doença psoríase é uma doença comum de pele, totalmente caracterizada por lesões avermelhadas e descamativas, geralmente ela ocorre em placas, estas que mais frequentemente aparecem no couro cabeludo, ou ainda em regiões como os cotovelos, joelhos, etc.

A doença psoríase é crônica, porém não é contagiosa, surgindo entre idades de 30 a 50 anos, mas pelo menos em 15% dos casos, a doença poderá aparecer ainda durante a infância.

Conheça alguns tipos diferentes de psoríase e as suas características principais.

Conheça a doença psoríase vulgar.

Esta é considerada como a forma mais comum da doença, caracterizada por lesões de tamanhos variados, delimitadas e avermelhadas com escamas secas, bem como aderentes e prateadas que podem surgir no couro cabeludo, os joelhos e os cotovelos.

Sobre a doença psoríase invertida.

Nesta modalidade da doença, surgem lesões consideradas mais úmidas, localizadas em áreas de dobras, como por exemplo em virilhas, e nas axilas também.

A Psoríase Gutata.

Esta doença psoríase é caracterizada por contar com pequenas lesões que ficam localizadas, e devidamente associadas a infecções. Normalmente elas aparecem no tronco, nos braços e nas coxas, bem próximas dos ombros e quadris, e acontecem de forma mais comum em crianças e também nos adultos jovens.

Sobre a doença psoríase Artropática.

Em pelo menos 8% dos casos da doença, esta poderá estar associada ao comprometimento das articulações, surgindo de repente com dores nas pontas dos dedos das mãos e dos pés, ou ainda nas grandes articulações.

As causas da doença psoríase.

Na doença psoríase temos uma situação inflamatória que conta com alterações no sistema imunológico, este geneticamente determinado.

Em nosso sistema imunológico temos uma célula conhecida como célula T, esta que percorre todo o corpo humano na busca de elementos estranhos, como os vírus e bactérias com a finalidade de os combater.

Caso a pessoa tenha psoríase, estas células acabam atacando as células saudáveis da pele, como se fosse cicatrizar uma ferida ou ainda tratar uma infecção. Isto geralmente traz muitas consequências, como a dilatação de vasos sanguíneos e um aumento dos glóbulos brancos que avançam em direção as camadas mais externas da pele, provocando as lesões avermelhadas, o ciclo é ininterrupto e só tem fim com o tratamento.

No comments yet.

Deixe uma resposta

*