Erros Comuns no Ginásio

Quando o assunto é treinamento com pesos, existem alguns erros que são comuns.

1) Esquecer de realizar um aquecimento geral e / ou específico para exercitar os músculos na rotina a ser desenvolvida nesse día.

2) Não saber que os músculos são os principais protagonistas do trabalho a ser executado.

3) Não se concentrar em mudar os pesos durante tudo o treinamento.

4) Dar impulsos ou movimentos pulando ou chicotando as mancuernas. Geralmente isso acontece, colocando mais peso do adequado para se exercitar de uma maneira máis intensa.

5) Não fazer adaptação anatômica antes de começar com rotinas novas.

6) Não respeitar os períodos de descanso entre séries ou entre treinos. Isso depende do objetivo pretendido, o volume e a intensidade da rotina, a experiência pessoal, a fadiga individual de cada grupo muscular, etc

7) Mudar o seu plano de treino por conta própria, sem consultar o professor ou treinador.

8) Imitar a rotina de alguém que não tem a mesma experiência, estrutura óssea, quantidade e tipo de fibras musculares, acreditando que vamos obter o mesmo resultado dele. O princípio da individualização em esportes é fundamental. Teoria aplica-se ao planejamento, uma vez que os resultados mudam dependendo das características pessoais.

9) Treinar os músculos de forma desproporcional e antagônica, por exemplo 3 exercícios que envolvem o quadríceps (músculos da frente da coxa) e 1 apenas comprometendo isquiotibiais (parte de trás da coxa). Isto pode facilitar o risco de lesões por quebrar o equilíbrio de forças entre elas.

10) Não elongar ao fim da rotina, todos os músculos trabalhados durante a mesma.

Como podemos evitá-los?

1. Chegar entre 5 a 10 minutos antes do horario, para realizar um treino aeróbico que combina com a nossa estrutura física e nível de condicionamento (esteira, remo, escalador, elíptica, Plataforma Vibratória etc.), antes de começar os exercicio com sobrecarga.

2. Peça a um profissional de fitness, quáis são os músculos principais protagonistas da ação a ser executada, e quáis são aqueles que ajudam ou colaboram na rotina .

3. Tentando olhar para o músculo e / ou sentir o trabalho, quando se encurta e alonga os músculos.

4. Ter tempo para contrair e relaxar (por exemplo, 3 ou 4 segundos para completar cada repetição).

5. Exercitar com menos intensidade e / ou volume ao menos um mês antes de ir de novato para avnçado, no retorno de férias, ou após um trauma (ex: operação de menisco), ou para passar de uma fase mais simples a uma mais exigente

6. Use um timer para evitar começar mais cansado que o necessário. Isso otimiza o tempo que você gasta na academia. Cada um tem diferentes tipos musculares de fibra e tamanho, e grau de recuperação após um treino. Por isso, muitas vezes é melhor esperar para a recuperação total do estímulo anterior para passar a outro exercício

7. É bom perguntar ao nosso professor por que fazer essa rotina, e não outra, já que cada acção tem uma finalidade diferente, bem como um planejamento ordenado e metódico para alcançar um bom desempenho.

8. Deve-se marcar as datas de treinamento e qué realmente é feito todos os dias na academia, caso seja com cargas em barras ou mancuernas ou com Aparelho multi função.

9. Comece primeiro pelos músculos que menos tem treinado, ou aqueles que exigem mais concentração.

10. Alongamento pelo menos 15 segundos entre as séries reduz o desconforto e ajuda a evitar a rigidez que o treinamento de resistência produz

No comments yet.

Deixe uma resposta

*