Guia rápido para harmonização de vinhos com refeições

harmonização de vinhos
A harmonização de vinhos é importante a quem gosta de uma ótima refeição. A seguir um guia rápido para harmonização de vinhos com carnes, massas, doces e queijos.

Peixes e Frutos do mar

Grelhados ou em molho leve ou crus: Espumante brut ou demi-sec; Vinho branco seco frutado jovem ou levemente maduro; Evitar os vinhos brancos com presença de madeira (fermentados ou maturados em barrica), exceto no caso de peixes defumados.

Em molhos fortes: Branco maduro de boa estrutura; Rosé seco de qualidade; Tinto jovem de leve ou médio corpo

Bacalhau: Tinto jovem ou de médio corpo; Branco maduro, de bom corpo

Anchova, atum, salmão e sardinha: Tinto jovem ou de médio corpo; Branco maduro; Rosé de boa estrutura

Carnes Brancas

Grelhadas ou em molho leve: Espumante brut; Branco seco de boa estrutura, jovem ou maduro; Tinto jovem ou de médio corpo

Grelhadas em molho forte: Tinto maduro de médio corpo a robusto

Peru: Tinto leve ou de médio corpo; Branco seco de boa estrutura

Carnes Vermelhas

Grelhadas ou em molho leve: Espumante brut; Tinto jovem leve ou de médio corpo

Em molho forte: Tinto maduro de médio corpo a robusto

Massas

Em molho leve ou branco: Espumante brut; Branco jovem ou maduro; Tinto jovem leve ou de médio corpo

Em molho condimentado ou vermelho: Espumante brut de boa estrutura; Tinto maduro de médio corpo a robusto

Na Sobremesa

Vinho branco doce de qualidade: Sauternes (França) , Alsace (Vendange Tardive e Séletion de Grains Nobles), Tokay (Hungria) e  alemães com predicados (“mit Predikat”): Auslese, Beerenauslese, Trockenbeerenauslese e Eiswein

Vinho fortificado demi-sec ou doce: Porto (Ruby, Tawny, LBV, Vintage.), Jerez(Amoroso, Oloroso ou Cream); Madeira (Verdelho, Boal ou Malmsey), Moscatel de Setúbal, Banyuls, Moscato d`Asti, Banyuls, Marsala, Málaga (Lagrima Christi).

Espumante demi-sec ou doce: Asti (italiano), Cava (espanhol), Champagne Doux(francês), Sekt Suß (alemão), Blanquete de Limoux (francês).

Queijos

Frescal, Ricota, Requeijão: Branco ou tinto jovem e leve

Mozzarela: Branco ou tinto jovem e leve

Brie, Camambert e Coulommiers: Branco maduro; Tinto jovem a maduro encorpado

Provolone: Branco maduro; Tinto jovem ou pouco envelhecido

Emmental, Gouda, Reino, Prato, Saint-Paulin, Tilsit, Port-Salut: Tinto maduro de bom corpo

Roquefort, Gorgonzola, Stilton, Danablue, Parmesão, Pecorino: Tinto maduro robusto; Branco doce superior; Fortificado doce; Tinto maduro robusto; Fortificado

Observação

Espumantes de qualidade, em especial os Champagnes, combinam com todos os tipos de queijo.

 

No comments yet.

Deixe uma resposta

*