O que é um Implante Dentário?

Um implante dentário é basicamente um pequeno objeto em forma de raíz de dente, normalmente feito de titânio, e usado na medicina dentária para servir de suporte a restaurações que se parecem com um dente, ou grupo de dentes, de forma a substituir dentes perdidos. Um implante dentário pode ser uma boa escolha dependendo do tipo de situação do paciente.

implantes dentários antes e depois

Um implante dentário é  um pequeno objeto em forma de raíz de dente,  feito de titânio, e usado para servir de substituto de dente, de forma natural.

Praticamente todos os implantes dentários colocados atualmente são endo-ósseos em forma de raíz, ou seja, eles são parecidos com uma raíz de dente, sendo colocados dentro do osso (do Grego, ènden, que significa dentro). O osso da mandíbula recebe e faz a osteointegração com o composto de titânio. Aqui, osteointegração, como palavra, refere-se à fusão da superfície do implante dentário com o osso em redor.

Pode servir de suporte

Um implante dentário pode ser usado para servir de suporte a próteses dentários, tais como coroas ou dentaduras. Um implante dentário também serve como âncora para o movimento ortodôntico do dente, isto porque um implante permite ao dente um movimento unidirecional sem uma ação recíproca.

Um implante dentário pode ser usado para servir de suporte a próteses dentários, tais como coroas ou dentaduras.

Requisitos

Para o procedimento de um implante dentário funcionar, é necessário haver osso suficiente no maxilar, e que o osso seja forte o suficiente para aguentar e segurar o implante. É necessário também que os dentes e tecidos perto e em redor do sítio onde o implante irá ser colocado, estejam saudáveis.

Para um serviço correto, o dentista tem de determinar o processo com o objetivo em mente para delinear a estratégia inicial, ou seja, do fim para o princípio, da meta para a partida. Se a densidade óssea for inadequada, um procedimento de enxerto ósseo deverá ser considerado primeiro.

Para garantir um plano de tratamento adequado, deverá ser criado um plano de tratamento, que será elaborado apenas após um estudo detalhado do caso do paciente (porque cada caso é um caso). Isto é feito com a ajuda de exames radiográficos, TACs e planificação 3D assistida por computador.

Deverá ser criado um plano de tratamento, que será elaborado apenas após um estudo detalhado do caso do paciente, porque cada caso é um caso.

Taxa de sucesso

A taxa de sucesso de um implante dentário vai estar dependente da técnica e experiência do profissional, da quantidade e qualidade de osso disponível no sítio a ser implantado, e da higiene oral do paciente.

Regra geral, o consenso na comunidade médica é que existe uma taxa de sucesso de pelo menos 85%, mais elevada (até 95%) se o paciente for acompanhado e tratado por um profissional devidamente qualificado em colocação de implantes dentários. Não escolha uma clínica dentária que possa não estar licenciada ou com pessoas que a poderão prejudicar.

É possível colocar implantes em adultos de qualquer idade, sendo que as contra-indicações são mínimas (falta de osso por exemplo). Mas quanto mais tempo o paciente andar desdentado, maior irá ser a reabsorção óssea que irá eventualmente ocorrer e o que resulta em menor a quantidade de osso presente para a colocação do implante dentário.

Quanto mais tempo passar e o paciente andar desdentado, menor irá ser a quantidade de osso presente para a colocação do implante dentário.

Conclusão

Pacientes que escolheram implantes dentários descrevem como melhoraram bastante a sua qualidade vida em relação a um aspeto físico mais jovem, auto-estima mais elevada, capaz de lidar e sentir-se bem em situações sociais e eliminar as frustrações do dia a dia que previamente sentiam.

É por isso que na clínica especialista24, em Lisboa, prestamos muita atenção ao feedback dos nossos pacientes para que eles possam continuar a falar com clareza, sentirem-se bem com eles mesmos, e com um sorriso bonito, sempre.

No comments yet.

Deixe uma resposta

*