Importância do exame admissional para quem emprega e para o empregado

Quem está sofrendo com o desemprego atualmente não vê a hora de encontrar uma nova colocação no mercado de trabalho. Mas, antes de qualquer coisa, o funcionário precisa passar por um exame médico que comprove a sua aptidão física e mental. Não há necessidade para surpresa ou susto, afinal, trata-se do conhecido exame admissional, obrigatório no momento de uma contratação.

Vale destacar que essa visita ao médico do trabalho gera diversas vantagens para quem está contratando e para quem está sendo contratado. Além de respeitar a legislação trabalhista, a realização dos respectivos exames para admissão de um novo funcionário também garantem que a empresa está ganhando um colaborador totalmente preparado para assumir as suas tarefas.

Importância do exame admissional para o empregador

Todas as despesas geradas pelo exame admissional e também demissional devem ser pagas totalmente e unicamente pelo empregador. Mas, qual o benefício que esse procedimento traz ao dono da empresa? Além de não correr o risco de receber uma multa por desrespeitar uma exigência trabalhista, o empreendedor também fica sabendo a real situação física e mental deste candidato.

A partir dessa comprovação de condição sadia, o patrão pode oficializar a contratação e contar com mais um funcionário totalmente preparado para realizar a sua respectiva função.

Veja mais sobre acerto trabalhista e seus direitos

Importância do exame admissional para o trabalhador

Como os custos dessa consulta com um médico do trabalho devem ser pagos pela empresa, a única responsabilidade do funcionário é estar no local certo no dia e na hora determinada. Ao passar por essa situação, o médico deve realizar alguns testes clínicos simples, como, por exemplo: verificar a pressão arterial e os batimentos cardíacos, além de efetuar uma entrevista.

Ao longo dessa conversa, o profissional da área de saúde terá a chance de perceber se o candidato está mentalmente apto para ingressar no mercado de trabalho ao discorrer sobre as suas experiências anteriores.

Muito mais do que ficar sabendo se está preparado para assumir o novo posto, esse teste também pode ser importante para o trabalhador no futuro. Se o funcionário contrair alguma doença ou incapacidade em função de seu cargo na empresa, o exame admissional pode servir como prova de que não tinha esse problema ao ser admitido. Esse pode ser o primeiro passo para entrar com o pedido de indenização na Justiça.

Vale lembrar que o trabalhador também passa por um exame semelhante quando está se desligando da empresa. O exame demissional também é obrigatório e deve ser pago somente pelo empregador.

No fim das contas, a efetuação do exame admissional acaba se tornando essencial para garantir os direitos de todos os envolvidos em uma relação de trabalho: o empregado e o empregador.

Dúvidas trabalhistas? Acesse Beirith Advogados e entenda os seus direitos!

No comments yet.

Deixe uma resposta

*