Lesões ou psoríase?

psoríase no cotovelo
Temos a psoríase como uma doença de pele que é manifestada em várias partes do corpo, e as mais comuns são os cotovelos, joelhos e o couro cabeludo. Como diferenciar então os sinais de psoríase de uma lesão comum, ou apenas de um possível ressecamento de cotovelos?

É importante citar que apenas os médicos dermatologistas podem dar o diagnóstico de psoríase no cotovelo de forma precisa. Por este motivo, caso o paciente tenha alguma suspeita da doença, ou ainda esteja em dúvida quanto aos sintomas, é importante buscar instantaneamente a ajuda de um especialista.

São vários os tipos de psoríase, com características típicas e distintas na pele. A mais comum no caso da psoríase no cotovelo são as manchas avermelhadas com placas brancas, estas que poderão inicialmente ser confundidas com uma lesão comum ou ainda um ressecamento. Em vários casos, a psoríase no cotovelo poderá aparecer apenas como uma área vermelha que descama.

Outra indicação interessante de que o que você tem é psoríase no cotovelo e não apenas uma lesão de cotovelo é saber se existem este tipo de situação com a doença em sua família. Mesmo que não se saiba claramente as causas da psoríase, existe um componente de cunho hereditário na doença que é desencadeada através do sistema imunitário do corpo, ou seja, todas as defesas do organismo do paciente.

Caso sejam confirmadas que as lesões de seu cotovelo não são apenas lesões comuns ou um ressecamento severo, não é necessário ficar preocupado. Existem muitos tratamentos que podem ajudar a controlar os sintomas da psoríase no cotovelo e mais uma vez o médico dermatologista é quem poderá indicar os melhores tratamentos para cada uma das situações. Existem algumas mudanças em sua rotina que podem ajudar, como por exemplo a adoção de uma alimentação saudável e com menos gordura, bem como produtos industrializados.

A prática de exercícios físicos também é uma grande aliada para ajudar neste problema. O que além de fazer muito bem para o corpo de forma geral, poderá ajudar no controle do estresse, este que poderá ser um dos maiores gatilhos para a psoríase no cotovelo.

 

No comments yet.

Deixe uma resposta

*