Lúpus e Queda de Cabelo

Você sabia que a origem da queda de cabelo pode estar relacionada com a doença autoimune lúpus? Sim, porque existem alguns fatores da doença que causam a perda de cabelo. E as mulheres são as que mais se preocupam principalmente pelos fatores sociais, claro.

Mas os homens portadores de lúpus costumam também ficar bastante atentos a este tipo de situação que é bastante incomoda, de certa forma.

Pois certamente nenhuma pessoa gostaria de ter quedas de cabelo, já que esta é uma parte do corpo que é bastante visível.

Além disso, para muitos portadores de lúpus, um dos fatores que acabam trazendo algumas questões emocionais estão relacionados à perda do cabelo.

Lúpus e Queda de Cabelo

Quem é portador de um certo tipo de lúpus, chamado Lúpus Eritematoso Sistêmico, ou simplesmente (LES), que é a abreviação, sabe que possui uma doença que é inflamatória e que a causa ainda é desconhecida.

Existem muitas complicações para quem é portador desse tipo de lúpus citado acima.

Entre elas, estão: as inflamações de pele, artrites, complicações dos rins, alguns aspectos que afetam o sistema nervoso, como enxaquecas, entre outros problemas relacionados a este tipo de lúpus específico.

E, a queda de cabelo, também é bastante frequente. E, infelizmente não cai pouco cabelo. Muito pelo contrário. Quando ocorre a queda, ela acontece em grande quantidade.

Normalmente os cabelos que caem dos portadores do Lúpus Eritematoso Sistêmico aparecem no travesseiro.

Muitas pessoas possuem dúvidas com relação à queda de cabelo, se pode ter alguma associação nesse sentido.

Infelizmente, alguns portadores de lúpus que ainda não sabem que são portadores, passam a ter queda de cabelo e esse é um diagnóstico que possui relação direta com o Lúpus Eritematoso Sistêmico.

As lesões ocasionadas pelo lúpus infelizmente podem causar algo chamado “alopecia cicatricial”.

Você deve estar se perguntando neste momento o que isso significa.

“Alopecia Cicatricial” é quando existe a queda do cabelo e a região que foi afetada não possui mais a possibilidade de volta dos cabelos. Ou seja, a pessoa terá a falha naquela região da cabeça para sempre.

Outro ponto que já foi bastante pesquisado e que pode se tornar dúvida para os portadores de lúpus é a relação da queda de cabelo com o uso de certos medicamentos.

A resposta é positiva. Ou seja, sim. É muito possível que medicamentos que possuem em suas fórmulas imunossupressores e os corticóides podem causar a perda dos cabelos.

lupus eritematoso e queda de cabelo

Mas é muito importante saber que essa perda de cabelo que é ocasionada por esse tipo de medicamente não é aquela que comentamos há pouco, ou seja, a “cicatricial”.

Muito pelo contrário. Essa queda de cabelo ocasionada por corticóides e imunossupressores é a que os médicos chamam de “difuso”. Ou seja, os cabelos podem nascer de novo nesse tipo de caso.

Outra dúvida que surge bastante pelos portadores de lúpus é se quando se controla a doença os cabelos que acabaram caindo podem nascer de novo.

Bom. Isso depende muito. Por exemplo: se for a queda de cabelo “difusa”, sim, o cabelo pode voltar ao normal como era antes. E, se for uma queda de cabelo “cicatricial”, infelizmente os cabelos da região que tiveram a queda não nascem novamente.

Muitas pessoas portadoras da doença auto-imune lúpus perguntam também se a doença causa calvície.

Nesse caso, de acordo com pesquisas e com o que os médicos costumam dizer, a calvície é provocada por um tipo de queda de cabelo específica. Nesse caso, a queda de cabelo é gerada por fatores genéticos e não por uso de remédios, por exemplo.

Portanto, a calvície é ocasionada pela genética de cada pessoa e não pela doença auto-imune lúpus.

Dessa forma, é muito importante ressaltar que, se o homem ou a mulher tiver a tendência de ter menos cabelo e tiver familiares que sofreram a calvície, é muito provável que essa tendência evolua com mais rapidez.

O mais importante é que o portador de lúpus não se sinta mal socialmente e passe a ter problemas psicológicos decorrentes a esse tipo de situação que, infelizmente, é inevitável.

Portanto, um bom acompanhamento psicológico, principalmente se o portador de lúpus com queda de cabelo for do sexo feminino, muitas vezes é fundamental para superar esse tipo de inconveniente.

É importante ressaltar que existe uma associação na prevenção da queda de cabelo com o controle do lúpus. Sendo assim, não existe um tratamento específico para a queda de cabelo para o portador da doença auto-imune lúpus, e sim, a questão de cuidar do controle efetivo da doença.

Sempre é bom procurar um médico e conversar antes de tomar qualquer decisão, certo?

No comments yet.

Deixe uma resposta

*