Medicina Biológica: Para que Serve e Quais os seus Princípios

A Medicina Biológica é um conjunto de terapias e de focagem clínica encaminhados para que seja o processo organismo a resolver os problemas e transtornos que o afectam.

Os seus recursos básicos terapêuticos básicos são: a Homeopatia baseia-se no princípio da similitude: similitude que existe entre o poder toxicológico de uma substância e o seu poder terapêutico.

medicina-biologica-homotoxicologia

A Homotoxicologia cujo mecanismo de acção é baseado no chamado Fenómeno de Assistência Imunológica procura eliminar toxinas, reforçar as funções orgânicas e fortalecer o sistema imune e os equilíbrios electrolíticos.

Procede-se normalmente em função da indicação (orientação e aos sintomas). Os medicamentos antihomótoxicos são constituídos principalmente por misturas de substâncias em potências (diluições homeopáticas) baixas ou médias.

Com a aplicação da prática do princípio homeopático da cura parece óbvio que a utilização de tinturas concentradas ou tóxicas poderiam danificar o doente e portanto só se poderia dar diluições (potencias) homeopáticas.

Todos estes elementos permitem actuar dentro e fora das células de cada sistema afectado e extrair as toxinas que alteram o meio e causam a doença.

Ao que chamamos doença não é nada mais que a luta do organismo contra as toxinas e o seu esforço por neutraliza-las e expulsa-las são assim sempre os processos biológicos quer dizer que são processos naturais que servem para a defesa e contra as toxinas e a desintoxicação.

A Medicina Biológica é muito mais eficaz e segura que a convencional. A primeira procura a causa do problema, a segunda só trata os sintomas e os seus efeitos iatrogénios são múltiplos.

No comments yet.

Deixe uma resposta

*