Psoríase: Conheça 9 Sintomas da Doença

psoríase sintomas
Na psoríase temos uma doença de trato dermatológico crônico, e que não é contagiosa, tendo algumas características específicas, definidas como psoríase sintomas e podendo inclusive se apresentar de diversas formas, entre as principais formas podemos citar as placas que aparecem e desaparecem periodicamente. A causa da doença é desconhecida, mas se sabe que ela poderá ter causas relacionadas ao sistema imunológico, bem como as interações com o meio ambiente, e a suscetibilidade de trato genético.

76% dos pacientes com psoríase apresentaram 90% ou mais de melhora através do tratamento com medicamento Secuquinumabe

Muito se acredita que ela se desenvolva quando as células devidamente responsáveis por toda a defesa do organismo acabem por atacar as células da pele. A partir disto começa então uma inflamação fazendo com que a produção de sua pele fique aumentada, a produção das células também possui um aumento, consequentemente temos placas avermelhadas com escamas espessas.

A doença não é contagiosa, e o contato com os pacientes não deve ser evitado.

Conheça mais sobre a psoríase e seus sintomas

Com relação aos sintomas da psoríase, estes variam bastante de paciente para paciente, conforme os tipos de doença, mas estes podem incluir, por exemplo:

As manchas vermelhas, com escamas secas, esbranquiçadas, ou ainda prateadas.

Pequenas manchas escalonadas, bem como a pele ressecada e rachada, muitas vezes a pele devem aparecer com sangramento.

Coceira, queimação e dor.

Unhas grossas, sulcadas ou ainda com caroços, bem como inchaço, e rigidez de articulações.

Em muitas situações de psoríase moderada, podem haver apenas desconfortos devido aos sintomas, em contrapartida, nos casos mais graves, a psoríase poderá aparecer de forma dolorosa e ainda provocar as alterações que impactam de foram significativa na qualidade de vida, bem como na auto estima do paciente. O interessante é que se procure por tratamentos o quanto antes.

Existem fatores que podem aumentar as chances de uma pessoa adquirir a doença ou ainda piorar o quadro clínico existente, entre eles podemos citar:

O histórico familiar, onde entre 30 a 40% dos pacientes de psoríase poderão ter um histórico familiar da doença.

O estresse, onde as pessoas que possuem um alto nível de estresse, podem ter seu sistema imunológico devidamente debilitado.

O tabagismo, que não apenas aumenta as chances de desenvolver a doença, mas também a gravidade da psoríase quando ela se manifesta.

No comments yet.

Deixe uma resposta

*