Psoríase vulgar, invertida e gutata

Saiba que a Psoríase nada mais é do que um tipo de doença comum de pele, esta que é caracterizada por uma série de lesões avermelhadas e descamativas, a doença normalmente acontece em placas que de forma geral aparecem no seu couro cabeludo, nos seus cotovelos e joelhos.

psoríase no cotovelo

A doença é crônica, em contrapartida não é contagiosa, surge entre idades de 30 a 50 anos e em pouco mais de 15% dos casos poderá aparecer na infância os indícios da doença.

Veja alguns tipos existentes de Psoríase e as suas características dominantes.

A psoríase vulgar

Esta é a forma mais comum da doença. Ela é caracterizada por uma série de lesões de tamanhos variados, e são delimitadas e avermelhadas, com escamas que aparecem secas, aderentes e prateadas no couro cabeludo, joelhos e cotovelos.

O que é a psoríase invertida

Neste modo da doença, surgem lesões mais úmidas, estas ficam localizadas em áreas de dobras, como por exemplo couro cabeludo, joelhos e os cotovelos.

A psoríase gutata

Esta modalidade da doença gera pequenas lesões que são localizadas a diversas associações e infecções. Normalmente elas aparecem no tronco, nos braços e nas coxas, tudo bem próximo dos ombros e quadris, e acontecem com uma maior frequência em adultos, ou ainda em crianças que são jovens.

Quais as principais causas da doença

Ainda não existe uma cura para a psoríase e não se sabe de forma clara as causas da doença, mas acredita-se que ela esteja associada a problemas de imunidade do organismo.

No sistema imunológico existem células chamadas de células T, estas que percorrem todo o corpo em busca de elementos estranhos, como por exemplo vírus e bactérias, com a finalidade de os combater. Caso a pessoa possua psoríase, essas células T acabam atacando todas as células saudáveis de sua pele. Isso costuma gerar muitas consequências, dentre elas dilatar vasos sanguíneos, aumento do número de glóbulos brancos, além de fazer parte de um ciclo de ordem ininterrupta que apenas deverá ter fim com o seu tratamento.

Vários fatores podem desencadear a doença como infecções de pele e garganta, estresse, tempo frio, fumo, entre outros.

No comments yet.

Deixe uma resposta

*