Sintomas e diagnóstico da psoríase

A psoríase nada mais é do que uma doença considerada inflamatória de pele e crônica, ela não é contagiosa e não se tem muitos conhecimentos de onde ela é contraída, apesar disto muitos doentes passam pelo problema que vem de origem hereditária. Este problema afeta pelo menos 3% de toda a população mundial acontecendo tanto em homens como também em mulheres, mas é mais comum se encontrar a doença em pessoas que tem a pele branca.

Esta é uma doença que poderá se manifestar em seguida depois do nascimento ou ainda de forma mais tardia, isto em qualquer época da vida, sendo que seu desencadeamento depende exclusivamente de influências do meio como por exemplo alguns medicamentos ou ainda estresse.

Os sintomas da psoríase

Sem dúvida alguma os sintomas da psoríase são caracterizados por todo o surgimento de uma série de lesões róseas ou ainda de coloração avermelhada, recobertas totalmente de escamas secas e ainda esbranquiçadas que poderão aparecer no couro cabeludo, no cotovelo ou ainda no joelho. A doença ainda poderá se espalhar por toda a pele, não sendo muitas vezes percebidos um comprometimento de órgãos ou mesmo sistemas internos. Existem vários casos da doença que são associados a artrite que é a chamada condição de artrite psoriática.

Sobre o diagnóstico da doença

É interessante citar que o diagnóstico das condições da doença normalmente são bem fáceis e são feitos com uma base de históricos clínicos dos pacientes, e ainda achados de lesões anteriores, em casos do problema da pele mais graves é possível que seja feita uma biópsia da mesma.

Os tratamentos são realizados de forma diferenciada dependendo de cada um dos pacientes, em casos mais leves o problema poderá ser controlado com medicamentos de utilização local na pele. Casos mais severos do problema pedem por tratamentos em esquema rotativo, ora com medicamentos de utilização tópica hora com aplicações de medicamento na pele que está afetada.

Tudo isto deverá ser elaborado exclusivamente pelo médico, por isso é importante se ter uma exposição moderada e hidratação do local da pele sempre pois o problema acontece normalmente em quem não pega sol.

No comments yet.

Deixe uma resposta

*