Sofreu um acidente no trabalho? Conheça todos os seus direitos

Você está cumprindo mais um dia de trabalho normalmente. É encarregado de realizar mais uma tarefa habitual, mas, algo sai errado. Você sofre uma queda, tem uma lesão, precisa receber atendimento e ser afastado de seu trabalho por um tempo para poder se recuperar plenamente.

Basicamente, você sofreu um acidente de trabalho, e agora? O que pode acontecer com o seu cargo na sua ausência? Quais são os seus direitos nessa situação?

Sofreu um acidente de trabalho e, agora?

Todos os trabalhadores estão vulneráveis a sofrer algum imprevisto durante a sua jornada de trabalho, mas, nem todos tem o devido conhecimento a respeito do que podem fazer nessa situação. Poucas pessoas entendem que podem ser beneficiadas ao recorrer ao INSS depois de passar por um momento difícil no trabalho. Por isso, é fundamental conhecer todos os direitos trabalhistas relativos a um acidente durante o expediente:

1. Estabilidade no trabalho

Esse é um dos direitos assegurados por lei quando o funcionário sofre algum acidente. O colaborador, depois de sua liberação médica, conta com estabilidade no serviço por até doze meses. Nesse tempo, caso ocorra o seu desligamento da empresa, ele poderá exigir a sua volta ao ambiente de trabalho ou ainda o recebimento de uma indenização referente ao tempo que falta de estabilidade.

2. Restituição do tratamento

Todas as despesas para a recuperação e tratamento do trabalhador devem ser restituídas pelo empregador. Desta maneira, é recomendado que o funcionário mantenha todos os recibos e pagamentos dos custos médicos, já que tem o direito de exigir esse renascimento.

3. Recolhimento do FGTS

Mesmo que esteja recebendo o benefício do INSS, o empregador tem a obrigação de continuar recolhendo o FGTS.

Veja mais sobre seus direitos trabalhistas

4. Danos Morais

A indenização por danos morais varia muito de caso para caso, mas, esse é um dos direitos do trabalhador que passou por um acidente durante a sua jornada. Isso se deve por causa do abalo psicológico que ocorreu em função do acidente, algum conflito familiar ou problemas gerados pelo imprevisto profissional.

5. Danos Estéticos

É normal que em acidentes de trabalhos algum dano estético possa acometer o funcionário, como alguma queimadura, corte no rosto, entre outros. Nessa situação, o trabalhador pode exigir uma indenização por danos estéticos de seu empregador.

6. Lucros cessantes

O trabalhador também pode ganhar os lucros cessantes, que se trata da diferença entre o valor do beneficio do INSS e o salário propriamente dito. E essa distinção de valor deve ser paga pela empresa.

7. Pensão Alimentícia ou Vitalícia

Caso o colaborador sofra alguma capacidade parcial ou total por causa do acidente pode solicitar uma pensão alimentícia da empresa, que corresponda à perda funcional proporcional a sua remuneração mensal.

Dúvidas trabalhistas? Acesse Beirith Advogados e entenda os seus direitos!

No comments yet.

Deixe uma resposta

*