Tipos de vinhos

tipos de vinhos
O vinho é uma bebida que gera muitas dúvidas já que são muitos tipos de vinhos, e o mundo dos vinhos tem um vocabulário próprio, com palavras criadas por especialistas que não entram na cabeça dos reles mortais.

O consumo do vinho passou a ser um processo um tanto embaraçoso para pessoas comuns, estas que são pouco afeitas a rituais que podem envolver um simples gole de bebida.

Toda esta frescura, vem intimando quem não se sente á vontade com as mesuras e que envolvem o consumo dos produtos. Aqui no Brasil a bebida tem seu consumo de dois litros por ano. Na Europa chegam a consumir uma média de 60 litros por ano.

Para tirar todas as suas dúvidas, e ainda esclarecer algumas coisas, iremos falar brevemente sobre os principais tipos de vinhos produzidos no mundo.

Sobre a classificação dos vinhos.

Os vinhos de mesa

Os vinhos de mesa são vinhos com graduação alcoólica de 10 a 13 graus. E estes são classificados entre finos ou nobres, vinhos especiais, comuns, frisantes ou ainda gaseificados.

O Champagne.

Esete é o vinho espumante, que é resultante de uma segunda fermentação alcoólica de vinho, e possui uma graduação alcoólica de 10 a 13 graus.

Os vinhos licorosos.

Este é o vinho doce ou seco, que possui uma graduação alcoólica maior, entre 15 a 18 % de teor alcoólico, o processo é resultante da adição ao vinho de macerados ou concentrados de plantas amargas e aromáticas, as substâncias de origem animal ou mineral, álcool etílico, potável e açúcares. A partir disto, temos o vermute, o quinado, o jurubeba, a ferroquina e outros tipos de vinhos.

Sobre a cor dos vinhos.

A cor dos vinhos pode ser dividida entre tinto, rosado e branco.

O vinho tinto por exemplo, é elaborado a partir de algumas variedades de uvas tintas, a diferença das tonalidades dependerá das cores, dos tipos de frutos e da maturidade dos vinhos.

Os vinhos rosados por sua vez são produzidos por uvas tintas, depois de um breve contato com as cascas, e o branco é produzido a partir de uvas brancas ou tintas, em uma fermentação sem as cascas.

No comments yet.

Deixe uma resposta

*