Como os cabos de aço são utilizados em pontes

cabos de açoOs cabos de aço estão presentes em diversos tipos de pontes. Pontes que ligam um continente ao outro, municípios e que deixam a arquitetura da cidade mais agradável e charmosa.

As primeiras pontes suspensas por cabos de aço foram construída no século XV, na maioria das vezes  em locais montanhosos. Essas pontes possuem cabos de aço que são suspensos entre duas torres.

Um das vantagens apresentadas por pontes suspensas com cabos de aço é que em sua arquitetura elas podem alcançar uma distância maiores que as projetas com arcos.

As pontes suspensas, também conhecidas como ponte pendente ou ponte pênsil , são sustentadas pelos cabos de aço, que devido a forças de tração tendem a aproximar os suportes das fundações. Estes cabos que compõem a arquitetura das pontes são ficados na extremidades de torres. As primeiras versões de pontes deste modelo foram feitas em madeira e corda, mas com o avanço tecnológico, as cordas foram substituídas por grandes cabos de aço.

Este tipo de passagem é sugerido quando há um grande vão livre entre duas extremidades. Uma das pontes suspensas mais famosas é a Golden Gate Bridge, em São Francisco, Estados Unidos, que ocupa um vão livre de 1.280 metros.

As pontes estaiadas também são um tipo de ponte suspensa composta por cabos de aço. Este modelo é uma padrão de ponte entre ponte fixa e uma ponte pênsil, vale lembrar que ela é uma solução intermediaria, apresentada em casos onde uma ponte fixa iria requerer uma estrutura de suporte muito maior, enquanto uma pênsil necessitaria maior elaboração de cabos de aço.

As pontes suspensas entram em harmonia com o ambiente e não atrapalham as passem de barcos, por exemplo, quando elas estão sobre grande rios.

Os cabos de aço são escolhidos de maneira apropriada para a confecção das pontes, sejam elas suspensas, pênsil ou estaiadas.

No comments yet.

Deixe uma resposta

*