Como prevenir um surto de lúpus?

O que chamamos de um “surto” é a reativação aguda da doença. Ela se manifesta pelo agravamento dos sintomas já existentes ou até mesmo pelo aparecer de sintomas recentes.

Nesse caso, a pessoa com lúpus pode sentir alguns sintomas, como:

– cansaço;
– dores articulares;
– úlceras na boca;
– manchas vermelhas cutâneas;
– dores ao inspirar;
– inchaços nas mãos, pés, ou na face;
– entre outros possíveis sintomas.

As formas que o surto aparecem podem ser bastante variadas. Elas podem indicar atividade da doença e, dependendo do tipo de surto, necessitam de um acompanhamento médico específico.

Por isso existe a necessidade de fazer consultas de rotina. Isso principalmente nos períodos mais estressantes como a gravidez, para reavaliar sintomas, refazer exames e ter um novo olhar clínico do médico. Pois, em surtos, geralmente os sintomas são diferentes daqueles que o paciente habitualmente apresenta.

Seguem algumas dicas a fim de evitar os “surtos”:

– usar protetor solar e prevenir a exposição ao sol;
– evitar o stress;
– repousar adequadamente;
– evitar esforços físicos;
– tratar as infecções precocemente;
– evitar o uso dos anticoncepcionais;
– evitar a terapêutica hormonal de substituição.
Infelizmente, mesmo com todos os cuidados, os surtos podem aparecer apesar de todos os cuidados preventivos.

Para saber mais sobre o lúpus e queda de cabelo, leia a seguinte matéria:

Lúpus e Queda de Cabelo

No comments yet.

Deixe uma resposta

*