Como recuperar a mística de um clube de futebol

Recuperar a mística de um clube em crise ou adormecido, afastado de glórias passadas é o primeiro passo para que esse mesmo clube volte a ser vencedor. Entende-se por mística o sentido de valorização coletiva da imagem que um clube vencedor tem nos seus adeptos. Na maior parte dos casos, essa mística perde-se aquando de uma sucessão de resultados menos positivos; os adeptos não desaparecem, uma vez que o clubismo faz parte do lado emotivo do ser humano e esses laços afetivos perduram porque se fundam naquilo que a natureza humana tem de mais imutável: os afetos.

Portanto, recuperar a mística não é uma tarefa difícil uma vez que não se trata de fazer mais adeptos mas apenas de despertar as emoções perdidas. No fundo, tudo isto é uma questão de imagem, ou melhor, do reflexo que a imagem do clube tem na mente e na alma do adepto. Fomentar de novo esse sentido de glória, de espírito vencedor, é um processo que pode ser levado a bom porto se o clube for capaz de reconstruir determinados alicerces. Neste artigo identificamos algumas estratégias que podem conduzir ao recuperar dessa mística perdida, de forma a voltar a construir um clube de sucesso.

Ter um bom equilíbrio financeiro

Equilibrar as finanças de um clube é sempre o primeiro passo; não haverá resultados desportivos sem esse equilíbrio; e não haverá espírito vencedor sem esses recursos financeiros que permitam construir uma equipa vencedora. Portanto, é essencial que os dirigentes criem condições para limitar os gastos e rentabilizar os recursos, para que também a imagem do clube se torne positiva quer junto dos adeptos quer no seio de toda a comunidade desportiva.

Alargar as bases de apoio

Como dissemos acima, os adeptos não desaparecem; a sua mística, a sua crença num clube vencedor apenas tem de ser despertada; no entanto, é essencial que o clube consiga captar a simpatia e o apoio dos mais jovens, uma vez que eles serão a garantia de futuro de um clube. Daí a importância das campanhas de angariação de associados especialmente voltados para o público mais jovem.

Construir uma equipa diretiva ambiciosa

No futebol moderno, os dirigentes têm de tomar consciência de que um clube precisa de ter estratégias empresariais capazes de gerir um clube como uma empresa de sucesso; espírito empreendedor, capacidade de inovação e de investimento são condições essenciais para uma gestão de sucesso.

Reforçar o plantel

Como é óbvio, o sucesso desportivo é a base essencial de um clube vencedor E não se consegue ser vencedor sem sucesso desportivo. Portanto, a gestão do clube tem de passar pela construção de um plantel de qualidade para que isso atraia os sócios, simpatizantes e até os apreciadores das apostas desportivas. Muitas vezes, o “salto em frente” é a estratégia mais aconselhável: um espírito de investimento, com riscos devidamente calculados, que permitam ao clube rentabilizar os sucessos a médio prazo, esperando pelo devido retorno financeiro desse investimento. Trata-se de um processo delicado e arriscado; no entanto, no futebol moderno não há sucesso sem riscos assumidos e racionalmente calculados.

Criar uma imagem guerreira e vencedora

O marketing é um setor fundamental num clube moderno; ele irá ser sempre o principal responsável pela imagem que o clube constrói e essa imagem é indispensável para construir um clube bem implantado na comunidade local, nacional e até internacional.

No comments yet.

Deixe uma resposta

*