Cuidados na entrega das chaves – Como fazer uma boa vistoria

Muita gente fica ansiosa com o imóvel novo e deixam de realizar uma vistoria detalhada, que acaba não sendo difícil e ainda evita problemas futuros. Seja casa ou apartamento existem vários fatores a serem analisados, que vão além da estrutura e do acabamento. Para isso, o novo morador deve se valer do seu contrato e os termos que forem prescritos nele. Além dele, é preciso observar a legislação em vigor, que na maioria das vezes, penda para o lado do morador e não da construtora ou imobiliária.

Contrato e legislação

Contrato

O primeiro passo é verificar se está tudo dentro do que foi firmado em contrato. Se estiver tudo correto, o próximo passo é verificar a legislação vigente e se a empresa está dentro dos padrões. Exemplo, em Brasília e outros estados, os apartamentos novos devem ser entregues com redes de proteção nas janelas e varandas para evitar acidentes. Caso o seu imóvel não esteja com as redes de proteção instaladas no momento da vistoria, não receba o imóvel e solicite providências da construtora, que pode ser acionada se não estiver cumprindo com a lei ou o que foi estabelecido no contrato.

Edificação e resistência

É preciso avaliar toda a estrutura do local, começando pelas esquadrias, que devem ser informadas pela construtora. Ela não deve negar as informações quanto a marca, fabricante e modelo os quais devem obedecer as normas técnicas da ABNT NBR 10821, que pode variar de acordo com a região e altura da edificação. Se estiver tudo certo passe para o próximo ponto da vistoria que diz respeito ao encanamento e sistema elétrico.

É importante fazer uma vistoria minuciosa nos sistemas elétricos e hidráulicos, bem como a canalização de esgotos e torneiras. Também jogue água próximo a ralos e no Box do banheiro para verificar se o nível de escoamento da água está adequado. Se não estiver, não receba o imóvel e exija que a construtora realize os reparos.

Portas e janelas

Vistoria imóvel

Ao verificar as portas e janelas, o primeiro passo é avaliar se o material é de boa qualidade, além da fixação dos parafusos, que devem estar bem presos. As portas e janelas precisam de uma atenção especial, pois devem proporcionar um abrir e fechar suave, apresentando segurança, resistência e estar com todos os componentes. Borrachas, roldanas, fechos, maçanetas, tudo deve estar perfeito para a entrega das chaves.

Verifique também a veneziana, pois ela pode causar um problemão. Para isso apague a luz do ambiente e feche a esquadria ou janela, que não pode passar nenhum feixe de luz, a não ser pela veneziana. Se você verificar que há a passagem de luz entre as folhas e perfis laterais, pode significar que também podem passar água, ruídos e vento forte. Isso mostra que o imóvel está fora das Normas Técnicas das esquadrias.

Medidas

Com o contrato na mão, meça cada uma das partes do imóvel e isso inclui pisos e contra pisos e rodapés. Tudo deve estar de acordo com o firmado em contrato e se na vistoria ficar comprovado que há diferença entre o tamanho de qualquer um dos locais e se for maior do que 5%, o proprietário pode exigir o complemento da área ou abatimento no valor. Se a diferença for muito grande, é possível até mesmo rescindir o contrato, valendo – se do artigo 500 do novo Código Civil.

Áreas comuns do prédio

Áreas comuns do prédio

Esse é um ponto que pode gerar muitos problemas futuros e por isso deve ser observado atentamente. É importante observar se as medidas estão de acordo com o determinado em contrato e se tudo que foi prometido está sendo entregue de acordo. Observe se há vazamentos na garagem ou mesmo rachaduras. Se possível meça os degraus das escadas, que não podem apresentar desnível acima de 5 cm de um para outro. Outros pontos a serem levados em consideração são as lixeiras, elevadores, iluminação e área de lazer.

Além deles, verifique se os equipamentos de incêndio estão instalados corretamente. De acordo com a lei, os novos prédios devem apresentar extintores de incêndio, escadas corta – fogo e demais itens de segurança para garantir que nada de ruim acontecerá com os moradores em casos mais graves.

Recomendações

É importante ler atentamente o contrato e se possível guarde tudo o que for relacionado ao imóvel, como anúncios, fotos da maquete, fotos do espaço interno e do modelo apresentado pela construtora. Não assine o termo de recebimento das chaves se o imóvel estiver com problemas estruturais ou apresentar falhas. Se for constatado algum defeito, a construtora tem que regularizar tudo em até 90 dias.

No comments yet.

Deixe uma resposta

*