Escolher a franquia certa é fundamental

franquiasO setor de franquias no Brasil continua em expansão. Apenas em 2012 o setor teve um faturamento de R$ 103 bilhões, e já conta com 2.426 marcas no mercado brasileiro. A franquia funciona com a existência do franqueador e da franqueado. O franqueador é a dona da marca, que teve a Idea e formata e concede a franquia, o franqueador é a pessoa física ou jurídica que compra uma franquia, ele faz a compra da concessão do uso da marca. Isso inclui comprar direitos autorais, tecnologia, produtos e usar o mesmo método de venda e produção. É uma forma que os empresários encontram de abrir o próprio negócio abrindo a unidade de uma empresa que já é reconhecida no mercado.

Com a quantidade de franquias disponíveis atualmente muitos empresários ficam na dúvida de qual escolher. É preciso entender como funciona e quais as principais características de cada tipo de franquia para escolher a que melhor se adequará ao seu perfil.

  • Tipos de franquias

O tipo de franquia que ganha mais espaço a cada dia são as de alimentação, responsável já por 15% do faturamento do setor. Possuem mais concorrentes e também clientes. Para investir neste tipo de franquia é preciso ter habilidade para lidar com um público que tem pressa, e saber administrar funcionários que sejam ágeis. Um erro neste tipo de empreendimento pode ser fatal, os clientes desse setor devido a variedade de opções costumam ser menos fiel. O empresário para entrar nesta área precisa muito mais do que gostar de comida e restaurante. O investimento inicial é em média de R$ 300 mil.

Um setor promissor é o de beleza e cosmético, os números de compradores crescem a cada dia e muitas marcas internacionais têm investido no país. Os principais pontos de venda são shoppings, academias e salões de beleza, para entrar neste ramo é preciso estar atento as novidades do mercado, o investimento inicial é médio de R$ 250 mil. Um setor que tem um investimento mais baixo e faz sucesso é o da educação, principalmente de escolas de idiomas. É preciso conhecer a área de ensino e manter o nome e a qualidade de ensino da marca. Outros setores para se investir é o de moda e acessórios; serviços; saúde e turismo.

Os de moda e acessórios vem crescendo e são uma ótima opção para quem não sabe por onde começar, e o faturamento é quase certo. Para trabalhar nesta área é preciso que o atendimento ao público seja impecável. Já o setor de serviços tem ganhado franquias criativas e assim crescendo no setor, entre os ramos estão serviços automotivos, empresas de RH, financeiras, serviços de jardinagem e informática. Depois de abrir o empreendimento o empresário deve lutar para conquistar clientes. Na área de saúde estão franquias de cuidadores de crianças e idosos; odontologia até clinicas de estética. É preferível que o empresário tenha conhecimento na área. E nas franquias de turismo está a grande aposta uma vez que o Brasil está preste a sediar eventos importantes. O franqueado precisa gostar de viagens e conhecer bem esta área. Neste setor o investimento inicial costuma ser de R$ 400 mil.

No comments yet.

Deixe uma resposta

*