Informações químicas do Ferro Cromo

A quantidade de resistência do aço que é necessária para oferecer a aparência cromada e a corrosão é propiciada pelo ferro cromo. A porcentagem de teor médio de cromo em aço inoxidável é cerca de 18%.

É a partir de uma operação de diminuição carbotérimica que acontece em temperaturas elevadas que é feita a fabricação de ferro cromo.  A quentura da reação pode acontecer das mais variadas maneiras, uma das mais comuns é a partir do arco elétrico composto entre as pontas dos elétrodos na parte inferior do forno e do forno da soleira.

A temperatura do arco elétrico é de aproximadamente 2800°C. No decorrer do processo de fundição é usada uma quantidade grande de energia e resulta em um preço elevado na produção em alguns países, pela potência alta que é aplicada.

O Ferro cromo, conhecido tamém como FeCr, é uma liga de ferro e cromo que possui cerca de 70% e 50% de cromo. Ele é feito através de fusão em fornos elétricos a arco submerso de cromita, com magnésio, óxido de cromo e ferro de minério cromo, e este último é o mais importante.

Ferro cromo geralmente é usado ao produzir aço inoxidável e em indústrias de bem de consumo, há variações no ferro cromo, em Alto Carbono, Ferro Silício Cromo, Baixo Carbono, todos com características diferentes que atuam na área em que ele será aplicado. O ferro cromo também é muito utilizado quando há a intenção de adicionar ao aço carbono cromo.

As indústrias que mais consomem ferro cromo são as que produzem o aço. A Liga que é principalmente usada na formação do aço inoxidável, possuindo teor de cromo de 10% a 20%, sendo esta a principal aplicação de ferro-cromo, visto que a maior parte da produção mundial é destinada ao aço inoxidável.

Encontra-se na África do Sul, Índia e Cazaquistão a maior parte da produção do ferro cromo. Há grandes recursos domésticos de cromita nestes países. Mas a quantidade cada vez maior estão vindo da China e da Rússia.

No comments yet.

Deixe uma resposta

*