Proteção em edificações

Existe uma gama de regulamentações para a proteção dos edifícios, sobretudo os residenciais. O que garante a proteção de moradores, contudo algumas recomendações podem ser significativas para garantir a segurança da sua família. Principalmente contra os principais acidentes que ocorrem comumente. Saber prevenir é algo de grande importância e com pequenas medidas na estrutura do prédio e no comportamento dos moradores é possível diminuir os riscos. Algumas medidas também são benéficas para a segurança dos bens e da integridade física dos residentes.

Proteção contra incêndio

Porta Corta Fogo abertaAs principais medidas que previnem os incêndios são realizadas na estrutura predial, começando pelas escadas corta – fogo, que devem ser instalados quando os prédios estão sendo construídos. Algumas edificações possuem um projeto de edificação com proteção passiva, com uma proteção metálica natural dos pisos e demais elementos da estrutura. A estrutura também pode ser projetada para que a ventilação permita a dissipação do calor e da fumaça. Extintores também devem estar bem sinalizados e com bom funcionamento, para isso devem estar dentro da validade e vistoriados com frequência.

Outras medidas de proteção ativa como detectores de fumaça e chuveiros automáticos assegura que os bombeiros possam ser chamados para combater o incêndio, contudo é mais importante evitar que os incêndios ocorram com pequenos avisos e informações trocadas entre os moradores. O Corpo de bombeiros também pode ser solicitado para realizar palestras para a prevenção de incêndios juntamente com os moradores, informado o que fazer para prevenir os incêndios e de como se comportar caso ocorre um. Uma alternativa mais barata e que desencadeia um processo de aprendizado e harmonia entre os moradores.

Redes de proteção

As redes de proteção também são de grande importância tanto nos apartamentos quanto nas áreas de livre acesso no prédio que possuem janelas. Produzidas em polietileno de alta densidade, as redes são flexíveis e de grande vida útil, podendo durar até mais de dez anos. Elas são fixadas usando grampos de aço e sua estrutura garante a proteção de crianças e adultos.

Grades, interfones, alarmes, câmeras e outras medidas de segurança

Câmera de segurança instalada na paredeSão comuns nos prédios a administração de um sistema para garantir a integridade física e dos bens dos moradores. Toda a segurança é bem vinda e pode ser implementada de forma rápida. A utilização de grades que não permitem a entrada de estranhos, identificação com porteiro, interfone, câmera de segurança e alarmes são importantes, mas devem ser bem utilizadas. Cada uma delas possui um objetivo e podem ser usadas em conjunto, porém é necessário um maior interesse dos moradores, que são os beneficiados.

Os próprios moradores podem realizar encontros para verificar com os equipamentos funcionam, bem como a comunicação entre eles mesmos, ajudando-o mutuamente em pequenas tarefas do cotidiano que podem garantir a segurança de cada um deles, evitando, por exemplo, que pessoas mal intencionadas entrem no prédio. Por essa razão a vigilância é uma ferramenta nas mãos dos moradores.

Nos próprios encontros e reuniões pode ser solicitada a presença da Polícia, que podem oferecer oficinas e palestras de como os moradores podem se familiarizar com os dispositivos de segurança e quais ações podem realizar para minimizar os riscos.

No comments yet.

Deixe uma resposta

*