As principais leis de condomínios para os moradores

Muitas pessoas podem acreditar que pelo fato de terem comprado um apartamento, este é totalmente seu, e claro, você é o dono, no entanto, quando se decide morar em comunidade,c como em um condomínio, é necessário que se entenda que há tanto direitos, como também deveres, e o pagamento das contas que são feitas pelo condomínio, como por exemplo água, luz, e também os colaboradores, como porteiros, auxiliares de limpeza e até mesmo o zelador, que são pessoas que trabalham para manter o condomínio sempre em ordem para os seus moradores, e quem para por isto são os apartamentos ou casas do condomínio.

A lei do condomínio

No entanto, mesmo entendendo tudo isto, há algumas pessoas que podem acabar por não realizar o pagamento da conta do condomínio, o que acaba por prejudicar todos os outros moradores, sendo que antes, não havia punição para isto, mas nos dias de hoje, com o objetivo de fazer com que um condomínio todo não seja prejudicado por apenas alguns moradores, existe a lei do condomínio, esta que acaba por prever que o morador deve realizar o pagamento de sua conta, e no caso de não realizá-lo poderá ter o seu nome junto as operadoras de proteção ao crédito, assim como também é possível, em alguns casos, em que seja dada entrada em processo para que assim este valor possa ser reavido e então, claro, as contas possam ser pagar da maneira correta, há ainda alguns casos, em que se torna possível até mesmo a oferta do apartamento, mesmo que sem a autorização do seu morador ou dono, para leilão, para que assim seja levantado o valor e então as contas possam ser pagas.

Este era um procedimento que não era realizado anteriormente, sendo que o comum seria apenas “sujar o nome”, mas nos dias de hoje, podemos verificar que sim, é possível uma pessoa perder o seu apartamento para que as contas de condomínio sejam pagas, mas claro que isto acaba por variar de acordo com o valor devedor, e também do que foi acertado com a administradora de condomínio.

No comments yet.

Deixe uma resposta

*